#

Acre

Acreano chega ao mais alto posto do Exército brasileiro; novo general assume em março

A próxima lista de oficiais do Exército promovidos pelo presidente Jair Bolsonaro, na condição de chefe supremo das Forças Armadas, em solenidade prevista para o próximo dia 31 de março, em Brasília, trará um acreano entre aqueles que vão ocupar o mais alto posto da carreira militar no país, o de general de Exército. Trata-se do coronel engenheiro Marcelo Pereira Lima de Carvalho (o da direita na foto), natural de Rio Branco e que há 30 anos comandou o 7º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC) na Capital. Marcelo Pereira é o primeiro acreano a chegar ao posto de general e assim que for promovido vai servir em Manaus (AM), comandando o 2º Grupamento de Engenharia do Exército, ao qual o 7º BEC é vinculado.

Antes de ser indicado para a promoção, o coronel estava servindo no Nordeste. Em 2016, foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Piauí com o título de cidadão piauiense. Na solenidade, o homenageado destacou que é natural de Rio Branco no Acre e contou um pouco de sua história, como integrante da turma de Engenharia da Academia das Agulhas Negras, de 1990. É doutor em Ciências Militares pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e possui os cursos de Altos Estudos Militares, Operações na Selva categoria A, especialização em equipamentos de Engenharia e Expedito Mergulhador Autônomo. No exterior, destaca- se os cursos realizados em Honduras, Chile e nos Estados Unidos. 

Marcelo Pereira Lima de Carvalho revelou que serviu no 7º Batalhão de Engenharia e Construção, em Rio Branco, onde participou de obras rodoviárias, aeroportuárias e de instalações no Estado do Acre. De 2005 a 2006, o futuro general trabalhou no 2º Batalhão de Engenharia de Construção, em Teresina, com destaque para o dique do rio Poty, e diversas obras no Piauí e no Nordeste. De 2009 a 2012, serviu no Comando do 1º Grupamento de Engenharia, em João Pessoa, e atuou na duplicação da BR 101, a exemplo da construção do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, em Natal, Rio Grande do Norte.

Marcelo Pereira também trabalhou no Projeto de Integração das Bacias do rio São Francisco. Em 2013 ocupou o cargo de diretor de Obras de Cooperação, no Quartel-General do Exército, em Brasília, responsável pelas obras de Engenharia do Exército em parceria com a administração federal e distrital. Foi Comandante do 2º Batalhão de Engenharia e Construção, em Brasília, de janeiro de 2014 a janeiro de 2016.

O futuro general também ocupou vários postos no exterior, em países como a Costa Rica, Honduras, Nicarágua, Haití e, em Genebra, na Suíça. Atualmente é assistente–secretário do vice-chefe do Departamento de Engenharia e Construção, no quartel-general do Exército e também foi oficial de ligação do Exército Brasileiro junto ao Exército da República Francesa, em Paris.

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA

Image
Image
Image

PUBLICIDADE

Image