Juruá Online

Em meio à cheia histórica, vereadores de Cruzeiro do Sul tiveram apenas uma sessão na Câmara

Os 14 vereadores eleitos em novembro de 2020 em Cruzeiro do Sul realizaram apenas a sessão solene de abertura dos trabalhos legislativos e uma sessão ordinária no dia 2 de fevereiro. De lá para cá, não voltaram a se reunir de forma presencial ou virtual.

No dia 2, o vereador Franciney Freitas (PP), presidente da Câmara Municipal, anunciou a suspensão das sessões e o retorno para dia 22 de fevereiro, de forma virtual e em período noturno, o que não ocorreu. A alegação para a suspensão das sessões é a pandemia de
Covid-19 em Cruzeiro do Sul.

A assessoria de Comunicação da Câmara informou que durante a suspensão dos trabalhos legislativos, a Câmara seria adequada para os trabalhos virtuais, o que ainda não aconteceu. O serviço de modernização tecnológica da Câmara está em processo de licitação.

 

O presidente Franciney Freitas disse que não há projeto do executivo ou do legislativo para ser votado, mas que esta semana ainda vai tentar fazer uma sessão. “Na quinta-feira, dia 25 , a gente vai tentar dar um jeito para fazer uma sessão online. Vamos ver aqui como resolver porque licitação é complicado”, contou o presidente.

As sessões da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul já foram noturnas, voltaram para o período da manhã e nessa legislatura, retornarão para a noite. A modificação no Regimento Interno foi apresentada pelo vereador Zaldo Mototáxi (PROS) e aprovada pela Câmara. O REFIS Municipal também foi aprovado na única sessão realizada na Câmara Municipal. O salário dos vereadores de Cruzeiro do Sul é de R$ 10 mil.

 
 
 
 

 

 sicredi2.png

© Copyright 2015 - Empresa Cruzeirense de Telecomunicações de Rádio e TV LTDA